Multimercados

São os fundos com maior liberdade de gestão e menor compromisso de alocação pré-definido, podendo a critério do seu gestor aplicar em  renda fixa, câmbio e ações, utilizar-se de derivativos para alavancagem e/ou proteção do patrimônio.

A liberdade tem um custo que é a exigência natural de um retorno diferenciado e substancialmente maior no longo prazo.

  • Multimercados Macro
  • Multimercados Trading
  • Multimercados Multiestratégia
  • Multimercados Multigestor
  • Multimercados Juros e Moedas
  • Multimercados Estratégia Específica
  • Long and Short – Neutro
  • Long and Short – Direcional
  • Balanceados
  • Capital Protegido
Anúncios

1.581 comentários sobre “Multimercados

    • Não se sabe. Se confia… 😉

      FIDC é caixa preta. Com uma boa gestão vc ate consegue maiores dados. È muito dificil conseguir uma abertura total. Costumo dizer que o ideal seria alocar pouco e seguir muito de perto o gestor. Com o tempo vc ganha confiança e capacidade de com as poucas informações traçar um caminho para a estrategia do fundo. Veja, isso foi o que sofri para conseguir entender e estudar melhor tais fundos. Pode ser que hoje, a coisa esteja mais diferente e mais transparente.

      Sei que neste tipo de fundo, o seu contato com a gestão tem que ser proxima. Um calote dependendo da carteira pode jogar um Sharpe e uma VOL pra direção totalmente oposta em um unico mes.

      Hoje nao tenho posição neste tipo de fundos. Prefiro os de CP tradicionais e manter uma carteira de debentures em taxas reais que eu mesmo cuido. Ganho menos, mais sigo bem mais traquilo pensando na minha aposentadoria 🙂

      Valeu!!!

      Curtido por 2 pessoas

      • De fato fundos deste segmento que se destacam.

        Esse pingado me pareceu bastante promissor 🙂

        è um caminho conservador para um investimento agressivo…..;-)

        Nao e recomendação de nada!!!

        Valeu!!!

        Curtir

      • Senhores,

        Na epoca q analisei esses fundos d+90 de FIDCS, nao gostei nem um pouco do Ouro Preto. Achei a pagina da asset amadora e vendendo uma propaganda agressiva demais enquanto dava pouquissimos detalhes sobre o fundo de fidcs. Como ja dito varias vezes por aqui, fidcs sao uma caixa preta…e toda cautela eh pouca! Analisando pela cvm, vemos q esse fundo possui varios fidcs q nao sao de administracao propria.

        Na concorrencia, vem o Artesanal. Eh uma asset aparentemente pequena, porem muuuuito mais transparente no seu relatorio mensal. Possui carta do gestor, detalha a exposicao em fidcs seniors ou mezanino e sempre reforca a evolucao em adquirir fidcs de administracao propria. Tb possui videos com entrevistas com os gestores, detalhando um pouco mais as estrategias do fundo, o q dah um ‘pouco’ mais de conforto. O PL vem aumentando bem depois q passou a ser ofertada nas maiores corretoras, porem ainda nao aparece na corretora lider, q insiste em ofertar apenas o Exodus como fundo par concorrente, alegando q foi o unico q passou no criterio de risco da corretora. Ainda assim, iria com bastante cautela nesse fundo. Lembrando q temos fundos MM como Pimco q nao sao fidcs, entregam parecido e com uma liquidez mto menor q esses D+90… o q me parece bem melhor, mesmo nao sendo a mesma categoria de fundos

        O Polo High Yield nao sao fidcs. Ateh tem, mas mto pouco. Todavia tb investe em credito privado com risco maior e diversifica la fora tb. Eh um fundo q monitoro e me agrada. Porem, tb com bastante cautela.

        #naoehrecomendacaodenada =P

        Curtido por 1 pessoa

    • Não vejo diferencial em nenhum deles.

      O Flag tem no acumulado 109% do CDI. Não vejo isso como resultado de um bom trabalho de gestão para quem esta desde o inicio do fundo. Dou muito peso ao resultado acumulado de um fundo. Ele me mostra como a gestão vem trabalhando desde sempre. Em 2016 saiu da sua curva simplória e começou a mostrar resultados mais fortes. Em 2017 esta na casa de 150% do CDI. Um patamar mais condizente para começar a chamar minha atenção. A dúvida é se tais resultados são a nova cara do fundo ou se são pontos fora da curva. Tem que questionar a gestão. Saber por que o fundo no seu inicio foi apático e só agora ta mostrando a que veio. Não gosto deste tipo de caracteristica em fundos. Prefiro os que começam bem e tropeçam e depois voltam…do que os começama performar de uma hora pra outra em periodos de euforia. Mais isso sou EU olhando o fundo.

      O Az Quest não ta muito longe do Flag não. Esta melhor na foto. Tem um acumulado um pouco melhor mais ainda baixo para um fundo MM na minha visão. Em 2016 conseguiu um bom ano (lembrando 2003 quando surgiu). Em 2017 segue na média da euforia dos MM. Por que so agora o fundo entrou nos eixos? O que mudou internamente? Por que nos anos normais o fundo nao seguiu seu target médio? Na euforia é muito facil se destacar. Preciso como investidor ter a certeza que em momentos ruins a gestão vai saber se posicionar e manter o target do fundo. Este tb supera o outro em Pl e numero de cotista. Tem mais porte e isso ajuda na minha escolha. Reforço….ISSO SOU EU OLHANDO OS FUNDOS.

      So pra vc entender melhor o que quero dizer com isso. Olha o Arx Extra e o SPX Nimitz. Compare os 4. Todos MM e com visoes diferentes de como operar os ativos que todos podem gerir. Por que o Arx e o SPX são muito melhores? Pra mim, retorno acumulado muito maior e mostrando a que veio a equipe de gestao desde o começo. Tropeços ocorreram em ambos, mai sempre com recuperação no ano seguinte e nunca permitiram que o target médio baixasse no acumulado. Como invisto pra ficar um bom tempo nos fundos (deixando meu patrimonio crescer bem) preciso focar e entender o que quero pro meu capital. Popr isso olho o acumulado e depois vou filtrando mais. Porem, cada investidor é unico. Logo….vc tera seus filtros. E esse post expressa apenas minha visão pessoal sobre os fundos citados.

      Valeu!!!

      Curtir

  1. Pessoal, para fundos Exterior qual/quais recomendam?

    – Pimco Income
    – Claritas Global High Yield
    – Western Asset Macro
    – Western Asset US500
    – BNP Access Europe FIM
    – JPM – Global Macro Opportunities FIM – IE

    Curtido por 1 pessoa

    • eu investi no Pimco em função de ter hedge para cambio, ser uma casa com patrimônio de U$1.6 tri, esse fundo super diversificado com 1.800 papeis no fundo e com liquidez curta em caso de saque. os demais não analisei e não conheço.

      Curtido por 1 pessoa

    • Tem que estudar todos. Aqui no blog vc acha debates sobre o PIMCO e o Western US500. Gosto dos dois.

      Pimco – voltado mais pra Bonds. Seria uma RF global (moderada-agressiva)
      US500 – voltado pra RV, ações americanas (segue o indice) – Agressivo e arrojado

      Acho ate que se complementam numa mega carteira. Mais isso é apenas uma visão minha.

      Sobre os outros, não posso opinar por nao acompanha-los.

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

    • Pedro,
      O fundo já foi amplamente debatido aqui. Só dar uma pesquisada, mas para não te deixar sem resposta, o fundo é um feeder do fundo Pimco GIS Income (sediado na Irlanda), mas que tem proteção cambial (acesso ao mercado internacional sem risco cambial). É um fundo de renda fixa global, tem um PL acima de 500 milhões e mais de 3 mil cotistas. Tem uma grande diversificação. A diferença de juros no Brasil e EUA impacta na rentabilidade do fundo, então fica ligado que essa diferença está diminuindo e talvez a subida dos juros americanos não seja assim tão gradual quanto estávamos esperando… Sei lá…tem que acompanhar.

      Curtido por 2 pessoas

      • DMR, eu não classificaria o PIMCO como RF. Ele á basicamente um fundo de bonds, mas estes papeis tem vencimentos variados. Os mais longos podem variar de valor de mercado significativamente. Se vc olhar os fundos de bonds em geral vai ver que a VOL deles não fica longe de um fundo conservador de ações. Acontece que nos últimos dois anos os bonds lá fora deram uma subida e estacionaram, então o gráfico de rendimento ficou com um jeitão de reta. Se vc olhar o fundo master dele vai ver que antes destes dois anos ele variou e muito.

        Curtido por 3 pessoas

    • Direto ao ponto:
      um Fundo de Credito privado + Bonds HY Global (Não deixa de ser um RF Global….mais tem que entender que não é a mesma coisa que costumamos chamar aqui de RF 😉 )
      Tem Risco embutido e por isso não deve ser procurado para compor a parcela de RF da carteira. Ele caberia melhor numa parcela que deseje obter ganhos com títulos Globais. Sejam HY (maior risco) ou yield (normais). Exposição baixa em Brasil e consegue ficar fora do chamado risco Brasil.

      Gosto muito da forma que o master opera la fora. São mais de 1.800 títulos do Mundo inteiro. Uma pulverização que visa uma maior estabilidade nos seus ganhos em dolar. O fundo é um típico fundo para rentistas, pois seus cotistas querem linearidade e pequenos ganhos constantes. Ao trazer para o Brasil, a Pimco buscou manter certas caracterisiticas dele. Mais para não haver impacto da variação cambial, temos um fator que os cotistas do master não tem. O custo da proteção. Esse é o principal fator que pode atrapalhar o resultado do fundo e deixa-lo longe de entregar CDI+3%aa. Isto quer dizer, de forma bem simples, se alguma coisa mudar e o custo do dolar subir muito, o fundo pode ter impacto. Por hora e ate 2018 não ha sinais que isso possa ocorrer. Uma coisa que afeta muito o resultado do fundo é se o governo subir o IOF sobre o cambio para os estrangeiros. Isso elevaria o custo de proteção. Mais sabemos que tao cedo algo assim nao ocorre, pois o brasil esta precisando muito do todo capiptal estrangeiro que esta entrando e que ainda vai entrar.

      Pensando em Global, considero um dos melhores fundos a disposição. Claro que tem varios outros. Mais com essa cara de RF e com a otima gestao da equipe da PIMCO….prefiro ficar com este. Mais isso é apenas minha opiniao.

      NAO E RECOMENDAÇÂO DE NADA!!!

      Valeu!!!

      Curtido por 4 pessoas

      • Gama,
        Esse bonds seriam muitos afetados com um possível guerra entre Coreia do Norte e EUA, pois mesmo sendo muitos diversificados uma tensão global todos os bonds seriam afetados? Quais seriam as correlações entre bonds x bolsa e bonds x ouro? Sera q ter um pouco de exposição em ouro seria interessante para equilibrar uma carteira com renda fixa e multimercados, nesse momentos?
        Obrigado sempre pela atenção

        Curtido por 1 pessoa

      • Uma guerra afeta todos os ativos. Os mais próximos ao evento e os que atingem seus parceiros.diretos serão mais fortemente afetados. O único evento capaz de.mudar as tendências de.curto e médio prazo e uma guerra. O resto Ta tudo praticamente precificado. Claro que sempre existem surpresas.

        Ouro? Não curto. Não considero investimento. Coisa pessoal. Metal é igual a qualquer outra comodity. Vc aloca pra capturar um movimento e sai. Investir pra gerar aumento de patrimonio tem ativos melhores. Mais isso sou eu. Se te agrada ter uma posição que acredita valer o custo de carrega-la, manda ver. Olhando Brasil, o momento são dos multimercados. Não tem como ficar fora deles. O crescimento de patrimônio esta muito bom. Olhando o mundo e olhando os retornos dos nossos MM bons, temos somente alegria. Quem soube ganhar na RF nos últimos 3-4 anos, e migrou pra MM ano passado…..só tem sorriso no rosto.

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

      • Luis Luke, O PIMCO no Brasil começou em 2016. desde seu inicio tem no acumulado 157% do CDI, sendo seu target CDI+3%aa. Pra olhar antes disso , precisa focar no Master dele. Se vc pegar o gráfico do Master, observara que é um fundo com crescimento constante. E mesmo nas turbulencias sofridas nos mercados de crédito Global o fundo conseguiu se segurar mostrando que a pulverização de títulos tem seu sentido na estratégia adotada pelo gestor.

        O PIMCO não é um fundo pra se ganhar muito. Diria que é um produto pra estar ganhando sempre com risco bem definido e adequado ao que entrega. O diferencial dele é estar com ativos que fogem do risco Brasil. Existem outros fundos MM por aqui que entregam mais do que ele. Porem, estão abarrotados de papeis BR na carteira. O investidor que busca o PIMCO quer algo com “visão” de internacional. Como ja foio falado em outros post, é um produto que completa uma carteira. Não é um fundo pra substituir algum ou focar em alto ganho. Na minha visão ele tem um objetivo único numa carteira. Cada investidor sentirá a necessidade de te-lo ou não.

        Valeu!!!

        Curtido por 3 pessoas

    • Estou encerrando minha conta no Bradesco ( onde só fui parar por ser correntista HSBC ) por total incompatibilidade de gênios. Mantinha lá um CDB rendendo 100 % do CDI.

      Vou alocar 1/3 deste valor resgatado no PIMCO, uma vez que as características dele ( resgate em D+6, linearidade e pequenos ganhos constantes acima do CDI ) me fazem achar que compensa o risco maior que a RF tradicional ( além de inaugurar RF Global na minha carteira ).

      Os outros 2/3 vão pro Bahia Maraú, que infelizmente deixei de entrar lá atrás, vamos ver se dá para surfar um pouco mais a onda de prosperidade dos MMs com mais este na carteira.

      Valeu Gama, DMR e Geovani pelas opiniões, sempre ajudam muito na tomada de decisões de investimentos.

      Grande abraço

      Ike1968

      Curtido por 2 pessoas

      • Ike1968,

        Escolheu bem…muito bem. Sempre achei o PIMCO combinando com seus post la nas debentures 🙂

        O Marau é um baita fundo MM. Com uma equipe referência e uma escola entre os gestores. Coloquei meu filho pra ser cotista dele, ja que os grandes e bons seguem fechados. Na minha projeção desejo que meu filho daqui 10 anos olhe pra ele e diga: obrigado pai…escolheu mito bem o fundo que iniciou meu pezinho de meia 🙂

        NAO E RECOMENDAÇÂO DE NADA

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

      • ike, muito bom saber q estamos alinhados (hahaha) esses foram exatamente os dois fundos q entrei agora q um cdb de bancao a 101% acabou de vencer

        soh nao acho q entrei no melhor momento no marau, mas a ansiedade falou mais alto, depois de perder o subidao pós-joesley

        Curtido por 2 pessoas

      • Olá Gama,
        Só pra constar, o VINTAGE Espelho do BTG vai abrir para captação no dia 31/10, só na parte da manhã. Aplicação inicial 100 mil, subsequentes 50 mil. Talvez abra em outros canais, tem que verificar.

        Curtido por 1 pessoa

      • Não se iluda com a “linearidade” do PIMCO. Uma coisa é vc segurar um bond até o vencimento, outra é um fundo de bonds one o valor é a soma do valor de MERCADO de seus bonds na carteira. O valor de mercado dos bonds pode dar grandes saltos. Esta linearidade é nesta janela de tempo em particular.

        Curtido por 2 pessoas

      • Geovani,

        Vc pode solicitar que eles te enviam um material mostrando o Fundo Master, na Irlanda desde o começo. A linearidade dos resultados impressiona a gestão do fundo. A principio acredito que o espelho daqui consiga manter tal caracteristica por mais tempo.

        Claro que o principal fator deste é a questão do custo do hedge. Como ja comentamos aqui, se o DOLAR (na verdade o preço dele) disparar por algum motivo e “prejudicar” o ingresso de capital estrangeiro…vai impactar bastante no fundo e deixara ele longe da meta e de seus últimos resultados. Esse seria ao meu ver, o risco de estar no PIMCO.

        Olhando Brasil e Mundo, não vejo o cambio por aqui disparando. O investidor olha o passado para tentar traçar um futuro. Dentre os fundos com cara internacional, o PIMCO se destaca. Todos tem seus riscos e particularidades. O PIMCO fecha bem a questão de Bonds, resultados, e pouca oscilação. Isso me agradou e definiu a escolha.

        Sua observação foi boa. Mais acredito que nos proximos 24 meses não tenhamos nenhuma surpresa no cambio. Vai oscilar na eleição de 2018, mais não deve estourar e muito menos obrigar o BC a aumentar algum tributo pra segurar a entrada ou encarecer os negocios. Brasil segue melhorando…mais ainda precisa muito do capital de fora. Por isso, o risco do PIMCO é algo bem dosado na minha visão olhando o Brasil de agora e para os proximos 24 meses. e depois? Depois….a gente ve depois. O Fundo me permite sair em D+7….outra coisa que tb definiu sua escolha.

        Valeu!!!

        Curtir

      • ue mas isso eh a famosa Marcacao a Mercado q ja ocorre com todos os titulos que compramos em Brasil , nao eh ?
        Que evento poderia causar esse caos todo na marcacao a mercado de bonds espalhados por varios paises ?
        Em maio, apenas os titulos brasileiros foram desvalorizados. Resto do mundo continuou igual. Nem o PIMCO sentiu nesse dia.
        Apenas uma guerra daria uma pancada nessa marcacao a mercado. Mas ai daria pancada em bolsa e todo o resto tb. Se bobear sobra ateh pro bitcoin novo queridinho em substituir o ouro.

        Nao vejo esse risco todo no PIMCO nao. Nem o juros brasil que o fundo utiliza na engenharia basica do fundo sofreu impacto em maio.

        nao eh recomendacao de nada

        Curtido por 3 pessoas

      • Vedita:
        “Que evento poderia causar esse caos todo na marcacao a mercado de bonds espalhados por varios países ?”

        Tirando os cisnes negros, bastaria o FED mais hawkish na elevação dos juros ou acelerando o desinflar de seu balanço para os bonds derreterem…

        Curtir

      • Pessoal,

        Sobre a questão dos altos preços dos Bond eplo mundo, questionei a PIMCO sobre isso e sobre as estratégias usadas pelo GIS (o master do fundo). Abaixo segue retorno obtido junto a PIMCO (os slides são de um material mais completo que recebi ao solicitar a eles via email):

        Retorno da PIMCO
        “Sim, nós estamos cautelosos com relação ao segmento de high Yield. Esse segmento teve forte apreciação nos últimos vários meses em função de investidores ao redor do mundo estarem em busca de “yield” e achamos que esse segmento como um todo está “caro”.

        Dito isso, estamos reduzindo o risco como um todo na parte de crédito e, ao mesmo tempo, aumentando a qualidade dos ativos (ratings mais elevados). Vale lembrar que a estratégia Income é limitada a 50% a HY e, historicamente, ficou abaixo de 25%. Atualmente, estamos com cerca de 11% do portfolio nesse segmento.

        O produto possui é bastante flexivivel no segmento de renda fixa e tem várias ferramentas que pode utilizar para proteger o capital dos clientes. Por exemplo, no slide 18 em anexo mostramos o desempenho do fundo versus a correção do segmento de high yield no período de Maio/2015 a Fev/2016. Nesse período, o segmento de HY caiu cerca de 12% enquanto o fundo ficou estável. Vale mencionar que o fundo não tem um stop loss definido.

        Com relação a atratividade do fundo no brasil, o retorno alvo é de CDI + 3% ao ano. Assim, quanto mais baixo o CDI, maior o retorno relativo (em percentual do CDI) e, portanto, diria que o fundo teria bastante atratividade.”

        Reparem que o fundo possui estratégias e não fica refem dos Bons HY. Temos que olhar o grande histórico do GIS para entender onde o PIMCO INCOME pode chegar por aqui. Reforço que a meta de CDI+3% só será perdida se o governo mexer no cambio. Digo governo, pois o mercado aletra todo o dia e a movimentação é típica. Quando entra a mão do governo que a coisa se altera e ai os estrangeiros repensarão. Esse é o “perigo” pra quem é ou virou cotista do PIMCO INCOME. Isso é o que EU acho sobre o FUNDO.

        NAO E RECOMEDAÇÂO DE NADA!!!

        Valeu!!!

        Curtido por 3 pessoas

      • Veditabolado. Bem….. Marcação a Mercado, sim, exceto que vc não tem a rede de segurança de segurar o papel até o vencimento e pegar o rendimento contratado se eventualmente vc perder a mão, né?

        Curtir

      • Gama, o gráfico de desempenho do PIMCO que vc tem é aquele a partir de Jan de 2013? Ou é mais longo? É em qual moeda? Alguém aqui postou, mas agora não encontro; vc poderia passar o ISIN (ou equivalente) do master? Gostei bastante das explicações deles e da sua! Mas eu queria mesmo é olhar o gráfico desde o inicio dele.
        Abs.

        Curtido por 1 pessoa

  2. Boa noite,
    Tendo duas previdência adam prev e xp horizonte cp. Estou pensando em migrar para alguma outra essa da xp de renda fixa. Tem alguma sugestão?
    o xp Macro horizonte, verde, kapitalo. Com os juros caindo querendo migrar mais para multimercados

    Curtido por 1 pessoa

    • Dentro do ramo previdencia….querendo sair da RF para algo mais agressivo temos o da Adam ainda aberto e captando. So tenha em mente que sera algo bem mais agressivo do que o Horizonte e o proprio verde.

      Na previdencia privada, curto a questao de sucessão patrimonial com o valor livre do processo de inventario. Outra coisa muito bom tb é a regressão do IR que bate s 10% apos 10 anos (se escolher tal sistema). E por final, por não ter come cotas o resultado apos 10 anos é MUITO diferente dos seus respectivos fundos master (que possuem o come cotas).

      Tenho uma estrategia dentro do setor de previdencia. Carrego um conservador, um moderado/agressivo e outro agressivo/arrojado. A parcela em RF domina a carteira. Os outros dois dividem igualmente o % final.

      Sao muitas as opções hoje em dia. Tem muito bom gestor que abriu previdencia usando seus master. vale uma olhada em todos. Quando optei, o Verde e o Adam eram o grande destaque como moderados e agressivos. Na RF vale a menor taxa, tamanho e linearidade do gestor. são muitos que ficam proximos um do outro.

      Espero ter ajudado.

      NAO E RECOMENDAÇÂO DE NADA!!!

      Valeu!!!

      Curtir

    • Nesse setor a equipe da Truxt manda bem tb. O Tuxt L/S.

      A fides tb tem um bom renome nessa categoria de fundos. Se não me engano, a Oceana tb tem um bom L/S. O Perfin 15 ja foi muito debatido aqui no Blog no passado e segue sempre aparecendo entre os top desta categoria.

      Precisa comparar todos em tempos diferentes. avaliar a VOL carregada x o retorno entregue. Olhar tamanho de PL e quantidade de cotista. Ficando por 2 ou 3 olha o Sharpe em tempos mais longos por ser um bom criterio de desempate (na minha visão). Atente para observar os anos ruins e os anos de bonança. Ajuda a identificar o gestor mais ágil nas comparações. E veja se o acumulado do fundo esta em linha com o target defendido por ele.

      Valeu!!!

      Curtir

  3. Uma dúvida. Tenho alguns fundos MM em uma corretora. Queria saber se tem como saber se os valores aplicados/cotas estão realmente aplicados nesses fundos ou se a corretora pode dar uma maquiada na tela da carteira só para parecer que está investido, mas na verdade não está. Sei que com as RFs tem como ver o registro dos títulos na CETIP.

    Curtir

    • Luis,

      Este é sempre um assunto que me preocupa.
      Existem duas formas de aplicacao em fundos- aplicação direta pelo investidor, minha predileta, e a aplicação por conta ordem.
      Nesta ultima forma, a corretora recebe o valor e aplica o montante junto ao fundo, por meio,de um codigo e apenas a corretora correlaciona voce ao codigo.
      Por conta disso, a CVM estabeleceu que deveria ser emitida pela corretora um documento chamado nota de investimento ( oficio circular 08/2015 cvm sin) onde deveriam constar todos os dados e imclusive o codigo do investidor junto ao fundo, mas nao achei nenhuma corretora que emita tal documento.
      Limitam normalmente ao extrato.
      Este seria o documento equivalente a nota de negociacao, mas desconhco sistema que demonstre a efetiva aplicacao.
      Ja reclamei bastante a ausencia do documento, mas dificil obter isto….
      Nao sei se ajudei.

      Abracos

      Curtir

  4. Gama, vc usa algum programa que agrega todos fundos para que vc possa aplciar filtros, ou vc faz isso ,anualmente. Explico: por exemplo, na RV (ações) eu uso o Metastock para filtrar ativos. Existe algum programa onde pode-se encaixar fundos? Abss.

    Curtido por 1 pessoa

  5. O que acham da gestora IBIUNA?
    Estou analisando o IBIUNA LONG SHORT STLS, que me foi oferecido pelo Itau Personnalite.
    Seria o momento econômico/político mais propício para os fundos Long Short?
    Minha carteira de risco está toda em Fundos Macro (Adam Macro, Adam Strategy, Bahia AM Maraú, Garde Dartagnan).
    Valeu!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Acho que nesse momento econômico/político onde Brasil está recuperando-se de uma baita crise, inflação baixa, reformas sendo feitas, balança comercial nas máximas, os fundos que tomam risco direcionais e tem uma uma maior presença na bolsa com um bom stock picking deve performar melhor que fundos Long/Short….

      Curtido por 1 pessoa

      • Concordo. Aproveitando o ensejo, gostaria de saber a opinião dos colegas no sentido de se vale à pena ficar mudando a carteira de fundos conforme as suas expectativas econômicas, ou se procuram montar uma carteira equilibrada e mantê-la a despeito do cenário, trocando de fundo apenas se ele deixou de bem atender ao seu propósito, e preferencialmente após dois anos pra pagar menos IR.

        Curtido por 1 pessoa

    • Alexandre,

      A Ibiuna ja figurou como gestora destaque em minhas buscas. Atualmente diria que são uma boa gestora. Possui bons produtos. Não monitoro nenhum fundo dela no momento. Eu, Gama, tenho uma visão mais otimista para os proximos 24 meses. Acredito que Bolsa e fundos focados em RV irão performar muito bem nesse periodo. Seus MAcros ja possuem bastante bolsa e cambio na carteira. E ja tomam bastante risco para lhe assegurarem um bom retorno nessa janela de tempo. Querendo dar um saltinho a mais, os FIA e L/S são de fato uma boa pedida para o momento. Tem que so saber olhar a estrategia do L/S. Alguns buscam a Bolsa pra performar e outros montam as posições compradas e vendidas sem estar focado na trajetoria da Bolsa. Compare os resultados e busque conversar com a gestora pra identificar o caminho que cada produto percorre dentro da RV e na formaçõe de suas posições compradas x vendidas;

      Raphael,

      O momento de entrar e de sair depende de cada investidor. É muito pessoal. A carteira de fundos deve ser montada para cumprir um objetivo. Tal objetivo tem relação direta com seu perfil. Se estiver caminhando dentro do que vc planejou….vc mantem os seus ativos (fundos). Se esta fora da curva, precisa estudar e identificar o que pode estar errado: peso das posições, quantidade de fundos, exposição por setor, exposição a uma gestora, liquidez, benchamrk usado e etc. Apos identificar, o ideal é arrumar a carteira para que volte ao traçado desejado. Precisa lembrar que pode haver momento da economia que um ou outro fundo pode ficar travado aguardando a posição feita “maturar”. Cabe a cada investidor estipular um prazo para isso. Por exemplo, seu Fundo A esta aquem do target médio e totalmente fora do seu planejado. Deveria estar entregando x% do CDI com Risco 1, mas esta entregando X-20% do CDI com Risco 5. Alguma coisa ficou errada. Tem que chegar junto ao gestor e entender o que houve. 3 meses pra ajeitar? 6 meses? 12 meses? Varia pra cada nível de risco do investidor. O que não pode é deixar a carteira fora do alvo e não atingir o que vc planejou.

      Eu, Gama, dou tempo para os fundos mais complexos. Pra fundo tipo Credito Privado e estrategia livre e trading ja sou menos paciente. O historico do fundo tb ajuda nestas horas. Se o gestor ja ficou no passado um tempo maturando e depois explodiu, ajuda a permanecer aguardando. Se é um fundo novo e descaminhou…ai a coisa precisa ser resolvida um pouco mais rápido.

      Espero ter ajudado.

      Valeu!!!

      Curtir

      • A correlação muda a cada alteração de carteira que o gestor faz. Pra saber agora, basta ir na internet e olhar nos sites de comparação de fundos e plotar a correlação. Vale o exercicio e tentar olhar o passado pra saber se os gestores estavam alinhados ou não.

        Se vc for ver o ultimo ano, quase todos os Macro estavam correlacionados. Isso se deve a posição grande em Titulos do governo (juros reais) e proteção a inflação. Essa correlação deve diminuir no momento que os juros pararem de cair e a inflação ficar controlada e baixa. Ai o Adam e o Bahia terão posições mais diversificadas e alocações maiores em RV do que o Garde. O garde tem um foco em Juros e moeda mais forte do que RV (ações). Acredito que o Bahia e o Adam caminhem mais junto ao longo do tempo.

        Eu, Gama, teria o garde junto com bahia ou Adam. Ter Bahia e Adam ao meu ver é bem agressivo e numa virada forte de cenario ambos os gestores podem ficar no campo negativo. Mais isso sou EU olhando os fundos.

        Valeu!!!

        Curtir

    • Alexandre, vou dar meu pitaco.

      A ibiuna tem gestores conhecidos no mercado financeiro, dois ex diretores do banco central e uma estrutura interessante, mas isto nao quer dizer que terao resultados sempre brilhantes.
      Eles passam no meu crivo, mas dentro dos criterios aue estabeleci para mim. Penso que cabe a voce examinar a composicao da equipe e avaliar se ela satisfaz os seus criterios.
      Tem bons fundos em que nao aplico porque ja tive esperiencia ruim com o gestor em outros fundos. É muito subjetivi,, na minha avaliacao, o que seja uma boa gestora.

      Quanto ao itau ibiuna, acho que vale a pena comparar a carteira e a rentabilidade com o ibiuna original para ter uma ideia sa possivel alteracao da rentabilidade decorrente da aplicacao maior ou menor pelo fundo do itau no fundo master da ibiuna.
      Isto aconteceu por exemplo no caso do adam macro, a rentabilidade no itau e e em outros locais e bem destoante.

      Sobre o cenario, ele e incerto e tenho impressao mais pessimista que otimista ( martin wolf e ainda a questao do problema do comeco do emxugamento da liquidez g lobal).

      Eu tenho uma gama de fundos diversificada, pois busco estabilidade dos ganhos e nao ganhos estratosfericos em determinado momento.

      Busco escolher os fundos examinando quem sao os gestores, o tempo de mercado, empregls amteriores, o tamanho da gestora, o tamanho e rentabilidade dos fundos e o risco……

      Apenas mudo de fundo quando avalio que minha avaliacao mudou muito.

      Por exemplo: tiveram gestores renomados que sairam de uma determinada gestora em duas situacoes. Numa delas, mantive o fundo por entender que a estrutura remanescente justificava, na outra, embora os substitutos sejam bons, havia um risco mais estutural, razao pela qual mudei de fundo.

      Nao costumo mudar de fundo conforme o cenario politico, busco escolher gestores e fundos que considero tenham condicoes de ler o cenariO adoto mais de uma classe para manter alguma descorrelacao entre os fundos….

      Abracos

      Curtido por 1 pessoa

  6. Boa tarde pessoal. Estou com uma concentração muito alta do meu patrimônio investido no fundo JGP Equity Explorer (25%) e tenho aplicação nos fundos SPX Falcon e Apex Infinity. Considero a equipe da JGP uma das maiores e mais preparadas, mas estou disposta a diversificar. Gostaria de uma opinião se justifica migrar uma parte do JGP para aplicar nos fundos Oceana Long Biased , Truxt Long Biased e Brasil Capital FIC FIA.

    Curtir

    • Julia, vou direto ao ponto

      25% não é tão elevado assim caso o fundo esteja entregando o que vc deseja e esteja bem enquadrado com o restante da sua carteira. Mais como vc ja decidiu diversificar….vamos la:

      Oceana é uma gestora que possui uma equipe muito técnica e que trabalha junto ha muito tempo. è uma casa que quase todas as distribuidoras oferecem a seus clientes. São bons fundos, que ao longo do tempo aumentam o patrimônio dos clientes. Não há saltos ou momentos de grande stress nos produtos da Oceana. Para quem curte isso, é a gestora para se carregar. Mais se quer algo mais agressivo e que extrapole alguns quesitos de risco e etc….a Oceana fica com uma cara de ultra conservadora. Logo, o Long Biased deles é algo que é positivo dentro desta forma de operar. Não é o mais lucrativo….mais é um dos bem constantes da indústria. Veja…por lidar com RV vc vai notar que nos momentos ruins ele tb foi ruim….pois isso faz parte do mercado onde atua. Gosto muito da gestora.

      Truxt são a equipe do Arx. Uma baita equipe que sabe operar e ganhar dinheiro neste mercado. Diria que são mais agressivos que o Long Biased da Oceana. Aqui, vai depender muito do perfil do investidor.

      Brasil capital Fia não monitoro e por isso não posso falar nada.

      Não sei se valeria a pena ter o Long da Oceana e da Truxt. Acho que deveria optar por um deles. Mais isso tb é algo muito pessoal e vai depender da composição total da sua carteira.

      NAO E INDICAÇÂO DE NADA!!!

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

      • Bom dia Gama! Me sinto mais segura nos fundos Long Biased, que nos momentos de estresse acabam perdendo menos. O que acha do fundo JGP Equity Explorer que eu tenho? Acredita na equipe como eu? Desde já agradeço a sua ajuda!

        Curtir

      • Julia, é um fundo que não monitoro. A gestora JGP ja fez parte da minha carteira no passado. Eram bem focados e tinham consistência nos resultados. Na época apareceram produtos mais agressivos e com foco diferenciado que me fizeram decidir pela troca na gestão (isso ja faz muito tempo).

        Não posso falar sobre o fundo em si. Mas gosto muito de debater o pensamento que nos fez desejar ir numa direção. Se vc esta propensa a diminuir a posição deve ser por causa de algum motivo. Ou o fundo segue conssistente demais e vc procura algo mais “apimentado” ou o fundo pode ter ficado mais de lado e vc viu oportunidade devido ao cenario para os proximos 24 meses de tentar um ganho melhor alocando em outras opções…na verdade só vc sabe disso ao certo. Por isso iniciei o ultimo post dizendo que ter 25% num unico fundo ão é algo ERRADO ou RUIM. Vai depender do que vc planejou e do que vc esta obtendo. Vou ver se dou uma olhada neste fundo mais pra frente (não prometo), pois passo a olhar os fundos que aparecem nas minhas buscas mensais de novas oportunidades (uso filtros e os que cumprem tais filtros ganham destaque pra mim).

        Valeu!!!

        Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s