Renda Fixa

Fundos que possuem o risco atrelado à variação da taxa de juros e/ou de índice de preços e devem investir no mínimo 80% do patrimônio diretamente neste tipo de ativo.

Eles podem utilizar derivativos, fazer alavancagem, ajusta a carteira substituindo títulos públicos por privados onde o risco é maior.

  • Curto Prazo
  • Referenciados DI
  • Renda Fixa
  • Renda Fixa Crédito Livre
  • Renda Fixa Índices

233 comentários sobre “Renda Fixa

    • Geraldo,
      Por curiosidade em que tipo de aplicação RF?
      Escrevi um outro comentário falando sobre um colega querendo aplicar uma grana por 2 anos, sem que ele tenha nenhum susto.
      O gerente da conta indicou um Fundo de Renda Fixa, que aplica no mínimo 80% em títulos públicos federais e/ou ativo de baixo risco de crédito de mercado, prefixado. (tx adm, de 0,75%, rendeu nos últimos 12 meses 13,66% , 97% do CDI)
      vlw

      Curtir

    • O melhor momento é aquele que a grana ta livre e disponível 🙂

      Como vc mesmo falou mais abaixo….as taxas variam no dia apos dia. Não da pra afirmar se é mlehor no inicio ou no final do mes. Como tb não da pra afirmar se é melhor na abertura ou no fechamento do mercado (no caso aqui, so pra ilustrar o exemplo).

      Agora, se vc sabe que tem algum evento importante pra ocorrer, isso pode afetar as taxas na vespera e no dia seguinte. Vai ter COPOM? Vai ter decisao de FED? Vai ter anuncio de alguma reforma do governo? Alguma movimentação atipica no mercado especifico que envolva direta ou indiretamente o titulo alvo?

      Ta com a grana livre? Vai na sua prateleira e escolhe o que melhor te atende. Pronto. Ta alocado. Agora esquece e parte pro proximo investimento. Ficar olhando todas as opções em inumeras corretoras so pra saber se a taxa e prazo estao de fato melhor na sua…e algo que faz perder muito tempo. Do que adianta achar um titulo numa corretora que vc nao tem a conta aberta? NADA!!! Ate vc abrir a conta e ter as movimentações liberadas o titulo ja mudou de taxa.

      Alocou? Beleza. Nada de ficar olhando nos dias seguintes se sua taxa ainda é boa ou se apareceu novas e melhores taxas. Na RF, vc olhou e alocou. Pronto. Acabou o procedimento aqui. Agora é hora de preparar o proximo passo. Sempre indo pra frente e nao perdendo tempo olhando o que poderia ter feito…ou pensar, se tivesse tido mais paciencia podia ter pego uma taxa melhor….isso sao pensamentos que acabam vindo na mente de todo investidor. Temos que filtra-los e doma-los. Senao entramos numa circular de ficar achando e pensando e a decisao nunca e tomada e o ativo nunca é investido e o capital nunca sera remunerado.

      Enfim…espero ter ajudado…mesmo viajando um pouco ao final 🙂

      Valeu!!!

      Curtido por 2 pessoas

  1. LC de 123 do CDI da avista financeira, agora. Quem dá mais? A RF no BR é kkk. Será q o Trump não fará a Selic cair de escada, sem de elevador como previsto?
    Se cair de escada travar essa taxa pra três anos, seria bom?
    Com troca de governo no meio, duvido queda de elevador pra Selic. Tem uma puta delação pra sair. Será q a delação está sendo prexificada no DI futuro ou a curva pra cima e só Trump?

    Curtido por 1 pessoa

    • Com Trump, com Dilma saindo, com Temer entrando…no auge dos nossos problemas peguei taxas pre na casa de 16-18% por alguns anos. Algumas isentas de IR. Coisa absurda no mundo afora!!!

      Olhando Brasil, temos a maior taxa do mundo e uma politica fiscal fraca. Combinação que favorece este cenarioi por muitos anos a frente. Quando temos um efeito novo catalizador disso, no caso Era Trump…as coisas ficam ainda melhores (sempre olhando nosso lado de investidor).

      Pra cada premio mais elevado, existe o risco maior. Gratis gratis…nao existe nada. Pequenos valores e montar um bacana fluxo com estes titulos com vencimentos em 3, 6, 9, 12, 24 e 36 meses permite um otimo ganho e dilui os riscos. Mais os riscos ainda existem e devem ser monitorados e sempre balanceados. Por exemplo, nao entro em outra taxa elevada ate vencer uma que ja tenha. Limito os % por emissor e premio tb. Junto destas taxas abusivas, carrego outras mais “normais”…e ao longo do tempo que fico recebendo os vencimentos me sinto mais tranquilo e mantenho o alto ganho.

      O Focus aponta Selic abaixo de 11% pra 2017. Eu acho que nao baixa tanto. Por isso ainda aproveito CDI juntamente com pre elevado e IPCA+alguma coisa. Mais isso sou eu….cada um vai prevendo um 2017-2018 e monta seu proprio fluxo de caixa. Pra cada vencimento curto abro mao de um ganho maior, mais ganho na liquidez imediata e o poder de escolher outra posição pra alocar. Gosto de poder me mexer ao longo do tempo. Brasil permite isso e sempre com bons ganhos.

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

    • Márcio, tem vários almoços quase grátis no mercado nestes bancos “B”, “BBB”. IPCA + 7,5, 120% CDI, 14,00%. Não tem pegadinha; tem risco maior de crédito. Pra essas instituições B e C captarem dinheiro, tem que oferecer mais que um Banco do Brasil, por exemplo. Se NÃO existisse o FGC, vc ganharia mais mas teria o risco de perder tudo se o banco desse calote. Mas COM FGC, eu acho um almoço grátis. Tem gente que não gosta pq demora (na média POUCO, de um a 3 meses) a pagar. Eu acho sensacional poder ganhar mais sem risco. Pra mim É O almoço grátis da jabuticaba, mais renda e sem risco (ou risco muito pequeno).

      Curtido por 2 pessoas

  2. Boa tarde pessoal, gostaria de tirar uma dúvida aqui sobre CRI. Eu abri conta em uma corretora que possibilita investir em CRI diretamente. Entendo os riscos que podem estar envolvidos mas fiquei interessando em colocar um pequeno percentual. Na verdade, minha está relacionada a uma características neste título de renda fixa que notei de diferente do que eu já conhecia. Neste caso, está escrito que os juros e a amortização são mensais e a CRI é um índice + um percentual definido. Gostaria de saber como funciona isto? Se eu investir X reais, todo mês este dinheiro vai sendo ajustado e devolvido apenas os juros e diminuindo o valor aplicado ou paga apenas o juros e no final devolve? Se ele diminuir, o rendimento do próximo mês será menor?
    Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

    • Vc investe no titulo que tera condições de pagamentos. Estas condições estao no prospecto/regulamento.

      O principal investido so diminuiu se o titulo fizer amortização ao longo de sua duração.

      O pagamento mensal ou semestral é dos juros. Estes quando pagos, não diminuem seu principal investido.

      Quando tem correção pela inflação, tb segue procedimentos informados. Alguns pagam a acorreção no vencimento ou anualmente.

      Bem, isso é o que tenho visto e entendo destes titulos. Se falei bobagem que algum amigo me conserte 😉

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

      • DMR,

        Animei sim. Sigo fiel aos meus fundos. Mas não dava pra nao querer diversificar com a RF Privada e direta (fora as LCI e LCA que ja carrego) 🙂

        To lendo bastante e fuçando muito as corretoras com quem trabalho. As taxas variam muito de uma pra outra…

        Ja vi taxa de 6,70+IPCA numa, e na outra o mesmo titulo conseguia por 8+IPCA!!! Uma variação absurda!!!

        Alem de estudar os emissores e tal, tem que ter mais de uma corretora pra poder cotar as taxas.

        To querendo montar um fluxo de caixa como fiz com as LCI e LCA. Porem nas debentures e CRI/CRA serao de prazos mais longos (caratcteristicas do ativo). Vou alimenta-los com a renda dos Fii, que chegaram num patamar que considero caro pra investir e nao quero vender (ainda).

        Devo começar com este da BR Foods que na segunda encerra. To mirando 95% do CDI isento por 4 anos e recebimento de juros a cada 8 meses. Se conseguir acho que vou começar bem 🙂

        Valeu!!!

        Curtido por 1 pessoa

      • Eu estou tentando fazer o mesmo Gama, fluxo de caixa na renda fixa, mas como não tenho o capital minimo que a minha corretora exige para a maioria dos títulos de renda fixa, estou procurando alternativas. É a primeira vez que vejo Juros Mensal e Amortização Mensal, por isso resolvi perguntar aqui. Então nestes casos, o principal vai diminuindo e sendo devolvido junto com os juros.

        Se tiver algum material a indicar sobre renda fixa privada, livros ou artigos, agradecemos 😀

        Obrigado Gama!

        Curtido por 2 pessoas

      • Gama, vi que vc escreveu: To querendo montar um fluxo de caixa como fiz com as LCI e LCA. Porem nas debentures e CRI/CRA serao de prazos mais longos (caratcteristicas do ativo). Vou alimenta-los com a renda dos Fii, que chegaram num patamar que considero caro pra investir e nao quero vender (ainda).
        Devo começar com este da BR Foods que na segunda encerra. To mirando 95% do CDI isento por 4 anos e recebimento de juros a cada 8 meses. Se conseguir acho que vou começar bem.
        Se me permite opinar, acho melhor entrar no CRA da Jalles que pagará CDI +2% min a 3% max. Esse investimento se encerra na proxima terça. Abraços

        Curtido por 1 pessoa

  3. Boa tarde a todos!

    Recentemente comecei a estudar os fundos multimercados e de renda fixa como opção de diversificação de meus investimentos. Por um tempo investi apenas em ações e FII mas no momento sigo 100% no TD.

    Opero pela Rico e entre os melhores fundos apresentados para mim, descartando os cambiais e de ações, estão dois que me chamaram a atenção. Peço perdão se foram recentemente debatidos mas não consegui achar na busca.

    SULAMERICA INFLATIE RENDA FIXA
    BNP PARIBAS INFLACAO FIC FI RENDA FIXA

    Gostei de ambos pelo valor mais acessível de entrada, rápida liquidez, baixa taxa de administração e obviamente os ganhos. Possuem histórico extremamente semelhante.

    Qual a opinião de vocês sobre estes fundos?
    Grande abraço e parabéns pelo ótimo site.

    Curtido por 1 pessoa

    • Somente para acrescentar dados e facilitar:

      SULAMERICA INFLATIE RENDA FIXA
      Aplicação Inicial: R$ 5.000,00
      Movimentação Mínima: R$ 2.500,00
      Patrimônio Líquido Atual: R$ 525.040.882,64
      Patrimônio Líquido Médio (12 meses): R$ 713.607.042,65
      Administração: 0,40%
      Performance: 20% sobre o que exceder o IMA-B
      Cota de Resgate: 1 dia corrido – Liquidação de Resgate: 2 dias corridos
      Ano: 21,77%
      12 meses: 31,69%

      BNP PARIBAS INFLACAO FIC FI RENDA FIXA
      Aplicação Inicial: R$ 5.000,00
      Movimentação Mínima: R$ 5.000,00
      Patrimônio Líquido Atual: R$ 281.509.000,00
      Patrimônio Líquido Médio (12 meses): R$ 445.602.000,00
      Administração: 0,50%
      Performance: não há
      Cota de Resgate: 2 dias corridos – Liquidação de Resgate: 3 dias corridos
      Ano: 20,87%
      12 meses: 29,97%

      Curtido por 1 pessoa

    • Sao fundos de Juros reais. Como tais, estao surfando a onda de juros de dois digitos e inflação elevada. E agora, com os gestores ja desmontando posições e prevendo o inicio da queda da Selic vao lucrar ainda mais. Quem entrou desde la traz nestes fundos esta rindo de canto a canto na boca ( 🙂 ), pois os lucros sao muito bons. Pra entrar agora tem que analisar todo o o cenario e desenhar os potenciais de ganho frente a outras opções.

      O diferencial entre ambos é a taxa de performance. Um usa o IMAB e ouro nao tem. O que nao tem, possui uma tx de adm mais elevada. Coisa comum no mercado de fundos. A liquidez é muito positiva. Os valores de entrada ajudam ao permitir que pequenos investidores entrem neles.

      Em termos de gestora e administradores, o BNP é maior e mais solido. A sulamerica nao tenho dados pra poder falar.

      Neste tipo de fundo é bastante importante o investidor saber se o gestor esta em Duração curta, media o longa (prazos dos titulos carregados). No passado, ter ficado em curtos foi muito vencedor. Agora, pelas cartas que ando leio, os grandes estao mesclando bem os ativos. Deixando curtos e alongando parte pra justamente travar os ganhos agora ja que a Selic esta desenhada pra começar a cair em breve. Esse tipo de informação ajuda o investidor na hora de decidir se vai carregar um ouo mais fundos deste tipo. Como? Simples. Se um deles for so curto é possivel mesclar dois fundos na carteira. Se ambos fazem igual, ja não é tao jogo assim ter dois. Isso o investidor tem sempre que ficar atento.

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

      • Muito obrigado pelo retorno!

        Realmente é mais fácil achar informações na internet sobre o BNP e seu fundo.
        Ainda tento entender se realmente vale a pena os fundos que investem em primordialmente no Tesouro.
        Olhem os dados do BNP PARIBAS INFLACAO FIC FI RENDA FIXA em comparação com o IMA-B. Não seria melhor investir diretamente no Tesouro? Compensa o possível “trading” do gestor com as variações dos títulos?

        Este ano: fundo 19,94 / IMA-B: 20,11
        12 meses: fundo 24,58/ IMA-B 25,51

        Obrigado a todos!

        Curtido por 1 pessoa

  4. Para aqueles que gostam de títulos privados, cuidado com Banco Máxima!

    “O Banco Máxima, que nos últimos anos se concentrou na concessão de crédito imobiliário, encerrou a primeira metade do ano com um capital equivalente a menos de um terço do mínimo exigido pelo Banco Central (BC) para que as instituições financeiras possam emprestar.

    Para resolver a situação, o banco negocia um aporte de capital de R$ 25 milhões de seus sócios, por meio de um empréstimo contratado com o Fundo Garantidor de Créditos (FGC), responsável por socorrer instituições financeiras em dificuldades. O empréstimo do FGC aos acionistas do banco, porém, tem uma pré-condição importante para sair: o BC precisa aprovar uma mudança na composição acionária do Máxima, permitindo a entrada de um novo sócio. Outra medida adotada pelo Máxima para melhorar seus índices de capitalização será a venda de parte de sua carteira de crédito, que terá entre os compradores o próprio fundo garantidor.

    Em junho, o Máxima registrava um índice de Basileia, que mede a capacidade da instituição de emprestar em relação a seu patrimônio, de 3,58%, de acordo com seu balanço. O mínimo exigido pelo regulador é de 10,50%. Pela regra do BC, bancos que não atingem esse mínimo estão sujeitos a sanções e devem apresentar plano de regularização. Procurado, o BC não comenta situações específicas de instituições supervisionadas.

    Executivos do Banco Máxima afirmam que a situação está sob controle.
    “Estamos muito tranquilos. O banco cresceu a carteira de crédito mais rápido do que o capital e ficou desenquadrado no índice”, diz Cláudia Martinez, diretora comercial do banco fluminense. Segundo ela, o Máxima já está adotando uma série de ações – incluindo o aumento de capital – que elevará seu índice de Basileia até pelo menos 11,37%.

    “Não há problema de liquidez, ou de qualidade de carteira, mas sim de capital”, afirma a executiva. O banco diz ter R$ 200 milhões em caixa e mais de 16 mil clientes de seus instrumentos de captação.
    Além do aporte de capital financiado pelo FGC, outras medidas para reforçar a capitalização incluem a emissão de até R$ 75 milhões em letras financeiras subordinadas com prazo de até sete anos. O banco também está em vias de finalizar, segundo Cláudia, a emissão de um certificado de recebíveis imobiliários (CRI) de R$ 60 milhões, o que reduziria o tamanho de sua carteira de crédito, diminuindo a necessidade de capital. Outra venda de R$ 40 milhões em créditos deve ser feita ao FGC, também com o mesmo objetivo.

    O primeiro passo, porém, é conseguir que o BC aprove a entrada de um novo sócio no banco. Atualmente, o Máxima é controlado por Saul Sabba, que detém 90% da instituição, e tem como minoritário Alberto Caló, com 10%. O plano é que Sabba venda 20% de sua participação a um novo sócio, conta Cláudia, sem revelar o nome desse acionista. Essa participação, porém, será de ações preferenciais, ou seja, o comprador não participará da gestão do banco. Entre as possibilidades de novos sócios, estão executivos do setor imobiliário e de varejo, apurou o Valor.

    Só após a reorganização ser aprovada pelo BC é que o fundo garantidor financiará os três sócios para que façam aumento de capital de R$ 25 milhões no banco, em troca de uma série de garantias, que incluem patrimônio pessoal dos executivos. É um valor significativo frente ao patrimônio líquido da instituição financeira, de R$ 44,14 milhões. O Máxima não revela o custo ou prazo desse empréstimo do FGC. A expectativa do banco é que esse processo esteja concluído em 60 dias. Procurado, o FGC preferiu não se manifestar.

    Com ativo total de R$ 1,2 bilhão, o Máxima aparece na 80ª posição entre as maiores instituições financeiras no sistema do BC, sem considerar bancos de desenvolvimento e cooperativas de crédito e financeiras. O banco fechou o semestre com lucro líquido de R$ 3,1 milhões, ante prejuízo de R$ 6,1 milhões em igual período de 2015.

    Em dezembro do ano passado, o índice de Basileia do banco estava em 11,3%.
    A pronunciada queda para 3,58% deve-se a dois motivos: o crescimento da carteira de crédito e o questionamento, por parte do BC, da metodologia que o banco usava para calcular o risco de seus ativos, componente chave no índice de Basileia. Toda essa questão rendeu ao banco uma ressalva de seu auditor, a Crowe Horwath, no balanço do primeiro semestre.

    A carteira de crédito do Máxima cresceu 78% em 12 meses até junho, para R$ 537 milhões. “O objetivo é continuar aumentando o volume de crédito originado, mas sem reter boa parte desses créditos no balanço”, diz Cláudia.

    O banco também negocia parceria com instituição estrangeira que compre seus créditos de forma recorrente pelos próximos cinco anos, totalizando até US$ 300 milhões.”

    Curtido por 2 pessoas

    • Boa!!!

      Quem achava que uma LCI de 100% ou 110% do CDI tava bom demais a toa….é porque não sabe que não existe almoço gratis no mercado 😉

      Eu tenho uma de 105% nao muito longa deles. Na epoca que fiz o indice deles tava um pouco melhor do que o atual.

      Enfim, o setor como um todo tem situação como esta e ate pior. Mas nosso sistema ainda é solido.

      Se ocorrer um problema, o FGC segura o Maxima sem problemas. Ate ocorrer uma intervenção nada de mais grave. Ocorrendo, ai sim todos tem que olhar se a bola de neve vai rolar montanha abaixo ou se fica isolada 🙂

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

    • Este fundo investe em papéis do Tesouro, de longo prazo. Este e outros fundos similares de inflação vem performance muito bem nos últimos meses. Se você acredita na continuidade da queda da taxa de juros dos títulos públicos (eu acredito) vale à pena se posicionar. Outros países emergentes pagam taxa de juro real em torno de 4%. Países desenvolvidos estão com juros próximos de zero ou até mesmo negativos. Por isso acredito que a taxa de retorno real caia no Brasil. Obviamente, para que isso aconteça, o governo Temer precisa fazer o dever de casa.

      Ilan está comprometido em reduzir a inflação no curto prazo, por isso a última reunião do COPOM manteve a Selic em 14,25%. A queda da inflação, se ocorrer, abre espaço para cortes na taxa básica de juros. Com isso, os títulos do tesouro irão se valorizar ainda mais. Quanto maior o prazo dos títulos, maior a valorização.

      Ou seja, NA MINHA HUMILDE OPINIÃO, acredito que os fundos de inflação vão continuar entregando bons rendimentos nos próximos meses. Quanto maior o prazo da carteira, maior a valorização. Mas… Como sempre tem um mas, precisamos estar atentos ao fato de que, caso as taxas do Tesouro Direto subam nos próximos meses, os fundos de inflação podem apresentar rentabilidade negativa, como ocorreu em 2013.

      Abcs!

      Curtido por 1 pessoa

    • Vou completar o post do amigo RastaRico com um aolhada nos numeros do fundo:

      Tinha mais de 300 costista e hoje tem na casa de 88
      Um PL de 400M, mostra que estes poucos cotistas possuem grandes posições. Particularmente nao gosto disso. Um grande cliente sai e pode alterar o desempenho do fundo.

      No acumulado segue bem, na casa de 140% do CDI. No ano mostra uma boa performance devido a seus ativos (post do RastaRico). Sao fundos para proteção do capital frente a uma inflação sem controle (elevada). Inflação alta leva a juros altos e esse ciclo beneficia tais fundos. Mais depende do gestor saber entrar e sair de cada ativo. Sao agressivos, pois a marcação a mercado oscila bastante os preços das cotas, logo nao sao opções conservadoras de RF.

      Momento para tal fundo? Nao sei dizer. Se achar que a inflação segue elevada a proteção via tais fundos é jogo. Se achar que os juros vao cair e por isso a inflação vai cair, ter tais fundos tb é jogo pra surfar tais movimentos. Acertar timing nestes fundos (ou em qualquer outro) é impossivel. Por isso, vc que tem que perceber pra onde iremos.

      Quando a inflação esta elevada, considero interessante o custo de carregar uma posição em tais fundos.

      NAO E RECOMENDAÇÂO DE NADA!!!

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

  5. Pessoal, estou estudando DEBENTURES a um tempo, porém ainda não estou confiante sobre o assunto.

    Tenho dúvidas básicas principalmente no operacional para se negociar no mercado secundário, alguém poderia me ajudar?

    Por exemplo, hoje consultei a lista de Debentures no site da XP e tinham poucas opções. Os códigos que eu queria consultar não estavam lá. Não entendi muito bem essa dinâmica ainda. A XP só negocia algumas debentures? Ou os papéis que eu queria negociar não estavam disponíveis para venda?

    Sei que as Debentures podem ser negociadas nas plataforma da CETIP e da BOVESPA FIX, mas qual a importância disso? Existem regras e taxas diferentes? O papel que é negociado em uma não pode ser negociado na outra?
    Sobre esse mesmo assunto, apenas as corretoras podem acessar essa plataforma, correto? As corretoras acessam as duas plataformas ou em geral escolhem uma para negociar?

    Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

    • Pessoal, algumas informações que pesquisei até o momento:

      – Os títulos negociados pela Bovespa podem ser negociados diretamente pelo Home Broker, conforme orientação do manual emitido pela Bovespa:
      “As debêntures são negociadas no mercado secundário na plataforma eletrônica de negociação PUMA. Dessa forma, é possível que, tal como no mercado de ações, os investidores, devidamente cadastrados em uma corretora, negociem debêntures através de home broker.
      No PUMA, conforme os investidores vão inserindo em tela ordens de compra e de venda de debêntures a determinado preço, é formado o livro de ofertas.”
      – A CETIP concentra a maior parte dos títulos disponíveis.
      – Os códigos dos títulos negociados na Bovespa possuem um sufixo adicional que descreve a natureza do título, emissão/série e modalidade de liquidação.

      – A bovespa cobra taxa conforme abaixo:
      Taxa de manutenção (por conta de custódia) até R$5.000 -> R$7,59 am
      Taxa de manutenção (por conta de custódia) acima de R$5.000 -> R$8,02 am

      Curtido por 1 pessoa

      • PauloM,

        A XP coloca na sua plataforma de renda fixa as debentures disponíveis no dia, que ela compra no secundário e depois revende aos seus clientes . Por tal motivo a cada dia mudam as debentures disponiveis e nem sempre você vai encontrar os papeis que deseja.

        Tenho comprado pela mesa de renda fixa da Geração Futuro debentures que nunca vi disponíveis na XP, único porem que a existe um valor mínimo de 10 mil, enquanto que na XP dá para comprar uma única debenture por 1100, 1200 reais …

        Sds,

        Ike

        Curtido por 2 pessoas

      • Viajante,

        Meu assessor me envia diariamente o email com as opções de papeis e taxas disponíveis ( debentures, cdbs, lcis, etc e finalizo a compra por email e telefone, não é automático como na XP.

        Abs

        Ike

        Curtir

      • Muito obrigado ike,
        Difícil mesmo pra nós pequenos investidores. Tenho conta em 3 corretoras, mas nenhuma disponibiliza negociação de RF pelo HB. Se eu não me engano tempos atrás a Cetip ia lançar uma plataforma que iria facilitar a vida…

        Curtido por 1 pessoa

      • Obrigado pela resposta, Ike!
        Agora algumas coisas fazem sentido!
        Pela mesa de renda fixa você consegue enviar uma ordem de compra pendente? Ou só a mercado?

        Viajante, pelo menos para debêntures listadas na bolsa eu consegui visualizar no HB. Não consegui enviar ordem de compra porque eu utilizo metatrader. Mas estou pra ligar na corretora para verificar isso.

        Curtir

      • PauloM,

        Ainda não efetuei compras pela mesa, não saberia te responder. Só comprei em cima da relação de disponibilidade que meu assessor envia diariamente.

        Viajante,

        Seria muito mesmo se pudêssemos comprar debentures pelo HB, quem sabe quando o mercado engordar chegamos nisso.

        Abs

        Ike

        Curtir

      • News:
        Hoje liguei na mesa de operação e pedi para colocarem uma ordem de compra pendente para o título RDVT. Deu certo… minha ordem está pendente até agora rsrs Se quiserem ver, dá pra conferir no book. RICO qtde:1 a R$1202. Pelo que o operador me explicou, nesse caso o custo seria como se fosse uma operação de bolsa, com as mesmas taxas de uma ordem comum.
        Vamos ver se a ordem executa para eu conferir na nota de corretagem.

        Aos poucos vamos desvendando o segredo das Debentures.

        Curtir

  6. Até o final do mês deve sair a oferta publica de CRA (Fibria Celulose SA), conforme abaixo:
    Oferta pública de distribuição de Certificados de Recebíveis do Agronegócio das 80ª (Octogésima) e 81ª (Octogésima Primeira) séries da 1ª emissão da Eco Securitizadora de Direitos Creditórios do Agronegócio S.A. (“CRA”, “Oferta” e “Emissora”, respectivamente), lastreados em direitos creditórios oriundos das notas de crédito a exportação emitidas pela Fibria Celulose S.A.

    Curtir

  7. Não vi comentários no blog sobre a mudança da dívida dos estados de juros compostos para juros simples, que podem impactar em CDB, debentures LCI e LCA, Tesouro direto.
    Isso para mim além de um calote escancarado, cria uma insegurança jurídica nos contratos existentes em todo sistema financeiro.
    Vai ser votado ainda no supremo, e no congresso, mas se passar, renda fixa muda sua atratividade.

    Curtir

    • Peguei uma de 150 dias com 101% do CDI…liquido.

      To buscando manter uma parte bem liquida e ainda conseguindo bom retorno. Tenho uma sensação que veremos muita coisa agitada no segundo semestre…e por isso a necessidade de ficar com caixa, e caixa livre pra movimentar. 😉

      Mas pegou uma bela taxa. Tenho uma de 18,5% do mesmo emissor.

      Chama a atenção que eles precisaram aumentar o premio…..isso faz com que fiquemos mais atentos a exposição.

      Valeu!!!

      Curtido por 1 pessoa

      • eu vi essa taxa para o cdb do banco maxima, na corretora. Mas conforme artigo publicado aqui, por tetzner,
        O banco maxima esta sob observação do banco central. Tudo bem que o cdb tem a proteção do fgc.
        O que vcs acham

        Curtido por 1 pessoa

      • manuel amador,

        A sua observação ta certa. Quanto maior o premio maior é o risco.

        No seu exemplo é o maxima. Por ele ja estar bastante “exposto” no mercado e passando por stress o investidor precisa ficar atento a isso. Os tamanhos das posições deverao ser medidas sabendo disso.

        O FGC ajuda nestes casos. Mas tem que saber que se acontecer a “zica”, vai poder ficar ate 6 meses com tudo parado.

        O que gosto de fazer é mais ou menos assim: Tem muito premio? Vou la na pg do BC e olho os dados do emissor. Olho se ta com balanço positivo, indice de basileia, PL e outros numeros. Depois vejo se figura na lista do FGC. Depois faço uma rapida consulta na rede pra ver se tem noticia ou fato envolvendo tal emissor. Depois de tudo isso, pondero o tamanho da posição em relação ao prazo da aplicação. Se tem um premio elevado frente aos concorrentes é porque tem muito mais risco. Entao irei aportar por ate 6 meses. Nao passo disso. E sempre dentro do limite do FGC. Em 6 meses os riscos de problemas levarem a um banco ser interditado ou liquidado sao menores do que em prazos mais longos. Da trabalho? Um pouqinho. Mas depois compensa.

        E mais improtante ainda. Manter fluxo de caixa nas aplicações de RF. A cada 3 e 6 meses ter sempre algo venendo é bastante interessante. Tanto pra fugir dos riscos dos emissores pequenos como para aproveitar momentos de aberturas de taxas. Claro, que se vc é investidor e sabe que nao ira usar e nem precisar do capital, pode muito bem escolher um premio menor e uma maior duração num emissor maior e mais seguro. No longo prazo as diferenças podem nem ser tao grandes.

        Enfim, espero ter ajudado.

        Valeu!!!

        Curtir

    • DMR,

      Nao precisa ter muito $$$ nao. Abriu esta taxa numa corretora. Fui la e aproveitei. Numa outra, todo dia tem taxas novas e prazos de 3 a 5 anos. As opções sao as mais variaveis possiveis. E so ter conta aberta nelas e ficar ligado.

      Hoje recebo email, SMS e ate whats das corretoras informando que tem titulo com tal taxa e tal prazo. 🙂

      Valeu!!!

      Curtir

    • parei com bancos pequenos, se a crise que está por vir vier mesmo… esses bancos vao quebrar todos.
      Acho que nao vale o risco para ganhar umas migalhas a mais.
      Tenho me interessado bem mais por debentures incentivadas.

      Curtir

  8. Olá pessoal, boa tarde.
    No tesouro direto, sei que o ideal é levar o título até o vencimento. Estou procurando um título de renda fixa agradável para um projeto que pretendo usar daqui um ano. Sei que temos LCI/LCA’s de 360 meses em corretoras, mas gostaria de saber se no TD, um título pré-fixado (16% a.a.) ou o o tesouro selic, comprado este mês, pode gerar percas se retirado antes do vencimento?
    Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

    • Git

      Para evitar riscos de desvalorização no títulos o melhor mesmo é comprar LFT. Você receberá taxas que acompanham a SELIC (para cima ou para baixo). Mas deve-se comparar este tipo de investimento com os CDB oferecidos pelos bancos. É possível que um CDB de banco pequeno pague mais do que uma LFT para um período de um ano.

      Curtido por 2 pessoas

    • Olá suntzu, obrigado pela resposta.

      Então vou tentar montar uma planilha para comparar a LFT com um CDB por um ano. Meu medo de colocar numa LFT é de a selic começar a cair e perder o rendimento! Em um pré-fixado acho estaria mais seguro.

      Valeu Suntzu

      Curtido por 1 pessoa

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s