Destaques do Gama

Gama

Investidor pessoa física e autodidata, Marcelo Gama tem mais de 15 anos lidando com o mercado de capitais. Neste tempo se dedicou exclusivamente a estudar, analisar e escolher bons investimentos financeiros. O foco principal são os Fundos de Investimento. Marcelo Gama é formado em Educação Física pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Durante 10 anos trabalhou com crianças e adultos, de treinamento a estimulação aquática para bebes. Porém faltava algo além das aulas. Apaixonado por investimento, deixou as aulas para se dedicar exclusivamente ao mundo financeiro.

Neste espaço tentarei trazer os destaques dentro do universo dos Fundos de Investimentos, bem como novidades e experiências reais com as gestoras e seus produtos. Trocaremos ideias de como montar uma carteira de investimentos em Fundos e de como entende-los. Um espaço criado para todos que acreditam ou querem descobrir como é possivel fazer seu dinheiro crescer atraves dos Fundos de Investimento.

Sejam todos bem vindos e vamos que vamos…Fundos de Investimento na veia!!!

Fundos de Investimento - Gama  Fundos de Investimento – Gama

Um livro escrito para que outros investidores possam ter o que o autor não encontrou quando começou a investir: Informação!
De um jeito simples e de fácil entendimento o autor tenta mostrar o potencial dos Fundos de Investimento como ferramentas para aumentar o patrimônio e de como estar sempre buscando o melhor para o capital investido.

Fale com o Gama

O que olhar é algo muito pessoal. EU faço um check list que ta sempre mudando… conforme a realidade da economia:

  • Histórico do Fundo: Aqui olho tempo de vida e momentos de turbulência e euforia enfrentados;
  • Performance: Olho ano a ano e gosto muito de olhar o acumulado desde o inicio. ta subindo? ta de lado? ta caindo? Isso aponta uma direção que o fundo ta seguindo e que vem seguindo. De nada adianta ter ótimos resultados no ultimo ano se desde o inicio o fundo saiu da sua curva e ate hoje não voltou. Realmente curto muito olhar este dado;
  • PL X Cotista: Um PL elevado e um numero de cotista elevado é sinônimo de menos risco. Sendo pulverizado ou não, term um PL elevado e um bom número de cotista traz conforto, pois outros investidores estão la junto de ti. Aqui vale muito pena monitorar a cada 3 ou 6 meses o fluxo. Se ta crescendo PL, se ta entrando investidor, se ta saindo investidor e etc;
  • Liquidez: Vai depender do objetivo do investimento. Se for pra algo que necessite, OK. Se for pra algo que vai ficar 3,5 ou ate 10 anos parado….ja nao tem tanta serventia assim;
  • Custos: são muito importante para fundos mais conservadores. Os mais agressivos já não impacta tanto. Quando vc compara as rentabilidades, os custos já foram extraídos. Logo, em MM tanto faz custar 1,5%aa ou 3%aa….caso as rentabilidades sejam aquelas desejadas por vc. São poucos os fundos que tem baixa tx de adm e elevada tx de performance. Se achar, fique com estes que normalmente o gestor é mais parceiro do cotista. Pois ganha bem quanto o fundo ganha bem 🙂
  • Gestor e Asset: Muito peso na hora de decisão. Tem que ter renome. Tem que ter equipe atuando junto ha algum tempo. Sempre valido quando ja tem algo no mercado com destaque e lança algo novo. Que atende o investidor. Que envia material de analise (relatórios, informes, cartas e etc)
  • Dados estatísticos: sharpe e risco são sempre importante. principalmente na hora de optar por 2 fundos que tenham ficado na sua pesquisa previa. Lembrando sempre que tais dados só tem peso se o fundo tiver histórico de mais de uns 2-3 anos. Antes disso, já não possuem tanta relevância, pois com pouco histórico um único mês de ótimo ou péssimo resultado tem poder de alterar os dados de forma muito forte.

Enfim….isso é meu check list de agora. Semana que vem….mês que vem um ou outra item pode mudar. Os pesos que cada um tem tb vão mudando. Sempre de acordo com o momento vivido na economia. O basicão sempre será o basicão. Mais o perfil do investidor sempre deixara o meu check list diferente do seu. 🙂

NÃO É RECOMENDAÇÂO DE NADA!!!

Anúncios

1.881 comentários sobre “Destaques do Gama

  1. Pessoal,

    Apos uma série de debates sobre a POLÊMICA lei que limita a taxa de administração dos fundos de investimento, achei merecedor de destaque e de uma postagem aqui o que levantei sobre a questão junto a vários agentes do mercado. Abaixo segue um compilado de tudo que considerei relevante para o entendimento da coisa.

    “O Projeto 3648/2015, de autoria de Carlos Bezerra (PMDB-MT), tem caráter conclusivo – ou seja, não precisa ser aprovado em plenário caso seja aprovado pelas três comissões em que tem de ser discutido. O texto limita a taxa de administração cobrada pelas instituições financeiras gestoras dos fundos de investimentos a 1% ao ano sobre o saldo do patrimônio investido. Em 16 de agosto, um parecer favorável foi aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor. O tema só ganhou destaque agora porque foi objeto de notícia produzida pela Agência Câmara no dia 10 de outubro. Não houve nenhum passo relevante na tramitação desde então. A matéria chegou à Comissão de Finanças e Tributação em 24 de agosto e, desde o dia 30, está sob relatoria do deputado Alfredo Kaefer (PSL-PR), que pediu à comissão para relatar o texto. Depois da análise da CFT, o texto ainda precisa ser discutido e votado na CCJ. Se houver parecer contrário da CFT, o texto perde o caráter conclusivo e necessariamente precisa ir ao plenário antes de seguir ao Senado. Kaefer se diz, a priori, contrário à proposta. Em conversa com a XP Análise Política, disse que tem “controvérsias” com o texto e que já trabalhou para “abortar” outros projetos de lei de Bezerra com o mesmo espírito.
    O prazo para apresentação de emendas ao texto venceu no dia 13 de setembro, sem nenhuma sugestão de outros deputados. Kaefer ainda não tem previsão de quando apresentará o seu parecer — não há prazo para isso –, mas se mostrou disposto a recomendar a reprovação da matéria.”

    Gama: Podemos notar que os agentes de mercado ainda não se preocupam com tal projeto de lei. Falta muito chão pra ser aprovado e falta uma enormidade de coisas para poder passar a valer. O relator da matéria é contrário ao projeto. Não existe prazo ou data limite. Grandes chances de parar numa gaveta.

    Apos algumas conversas tb fiquei com o mesmo pensamento. Não deve passar e deve cair num limbo. Ao menos existe politicos que são investidores e que sabem o que iria ocorrer num mercado tão forte quanto o nosso se deixar o governo começar a querer controlar com canetadas e afins.

    Valeu!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Dando sequencia ao post

      Abaixo, outro compilado de informação levantada junto a gestoras:

      “Estamos acompanhando o PL. Não há distinção de fundo, o PL apenas delega a CVM a competência de limitar em 1% a taxa de adm e gestão dos fundos. Em conversa informal com a Anbima, eles pretendem interagir com o Governo para não ser aprovada na Comissão de Finanças.”

      Gama: Vejam, a ANBIMA esta empenhada em não deixar o governo se meter nessa questão. Pude perceber que nenhum gestor que conversei a respeito se omstrou preocupado ou que esteja preparando um plano b para essa questão. È dado como certo que não passa.

      Por isso amigos, acho que podemos deixar esse tema de lado e nos focar em aproveitar muito bem o OTIMO momento para investimentos no Brasil 🙂

      Valeu!!!

      Curtido por 3 pessoas

  2. Pessoal,

    A compra da Xp pelo Itau esta em observação pelo CADE. Isto quer dizer que o processo todo ainda não foi julgado e muito menos aprovado.

    Todo mundo que opera pela XP alegando que a compra pelo Itau deu suporte e reforçou a segurança da corretora pode se surpreender mais a frente com a negação da aquisição via CADE.

    A propria XP esta captando clientes com a argumentação que a blindagem do Itau so reforça a qualidade XP e etc. E se der ruim como deu pra Estacio com a Kroton? e se der ruim como deu pra Monsanto? E se der ruim como deu pra liquigas?

    Gostaria de saber o que a propria XP fala disso e temos que ficar de olho….a XP com ou sem Itau segue sendo a mesma XP de sempre. Pra mim não muda muito não o DNA da corretora. Mais….uma negativa desta operação atrapalha o futuro e os planos da corretora pra curto e medio prazo.

    A noticia saiu hoje na REUTERS….e esta publicada no diario oficial. Achei o assunto merecedor de destaque, ja que a corretora segue sendo a mior do Brasil e muitos amigos aqui operam fundos com ela.

    Valeu!!!

    Curtido por 4 pessoas

  3. Em setembro, os mercados locais continuaram se beneficiando de um cenário externo benigno de liquidez abundante – com crescimento global consistente, inflação baixa e taxas de juros em patamares reduzidos – e de um ambiente doméstico com alguns dados econômicos mostrando recuperação, a despeito do arrastado imbróglio político. A bolsa de São Paulo acompanhou o movimento de valorização dos principais índices mundiais e o Ibovespa registrou alta de quase 5% (após acumular quase +8% ao longo do mês). As taxas futuras de juros sofreram quedas expressivas ao longo de toda a curva e, consequentemente, os títulos públicos indexados à inflação tiveram desempenhos positivos. A nota negativa ficou com o câmbio. O Real não resistiu ao movimento de fortalecimento global do Dólar e apresentou leve desvalorização frente à moeda norte-americana. Os gestores da classe Macro, de maneira geral, mantêm posições com viés positivo em relação aos ativos domésticos e, nesse contexto, foram o destaque positivo em termos de performance média em setembro. FONTE: BNY MELLON

    Valeu!!!

    Curtir

  4. Pessoal,

    O ano segue positivo para os investimentos. Ta com cara que fecha bem e o de 2018 promete sequencia. Claro que a eleição vai agitar, mais depois passa.

    Os COE que estao aparecendo nas gestoras e corretoras estão de fato bastante interessantes. O cenario atual no Brasil esta favorecendo bastante tais ferramentas de alocação.

    Temos os mais variados e com bastante chance de atingirem seus maximos em resultado.

    Me chama a atenção 3 COE a disposição dos investidores:

    Euro Stoxx 50 / PIMCO / EMB

    Euro: Segue o ETF das 50 maiores empresas da Europa. Sem trava de alta e com capital protegido. Se der errado (negativo) o investidor ainda leva um cupom prefixado que no final serve pra diminuir o custo da oportunidade. Europa segue muito bem e mesmo enxugando sua liquidez em breve tem espaço pra manter a tendencia positiva e os bons lucros das empresas sediadas e negociadas por la. Pra este COE gosto do quem tem duração de 3 anos. 5 anos ja acho muito longo pra analisar a Europa;

    PIMCO: Esse é muito bacana. Usa o fundo da PIMCO na Irlanda, o GIS como referencia. E alavanca em ate 3,5x o ganho. Capital protegido e sem trava de alta. Se der negativo, so leva o capital inicial. Para quem nao tem o fundo PIMCO INCOME na carteira acho uma maneira muito salutar de investir em Bonds Globais e passar a monitorar tais investimentos. Tenho que ler mais o material sobre ele. Por isso, se falei alguma babagem vcs me desculpem 🙂

    EMB: Segue ETF de mercados emergentes. Quase nao tem BR no indice. Este para 3 anos esta bastante interessante pelo cenario que os emergentes estao tendo e irao ter no futuro proximo. Tirando uma guerra…acredito que tal indice consiga ficar acima da nossa Selic fazendo valer a pena o investimento.

    Enfim….trouxe apenas a informação. Agora cabe a cada investidor estudar mais a fundo e decidir. Querendo a gente pode ir debatendo alguns deles por aqui 🙂

    Valeu!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Gama eu também vi esses coe. Tem até do ouro alavancado e capital protegido. Sei que não gosta de ouro. Mas seria uma diversificação ao contrário que todo mundo espera dos mercados
      Eu estou alocado no adam prev, verde prev, garde, scena, acha que passou o bonde de RV para entrar num fundo de ações ou é melhor ir de coe Europa teria mais Espaço e proteção? Tenho perfil moderado

      Curtido por 1 pessoa

      • Perfil moderado? Estando no Verde e Adam?? E ainda beliscando o Scena e o garde….ta moderado-agressivo na minha visão.

        Nao tem hora certa pra entrar em fundos. Seja de ações ou de RF. Se sentir que o momento bom pra RV vai seguir no Brasil, manda ver me Fundos de ações ou qualquer outro. o bom gestor vai saber ganhar e seguira ganhando enquanto as tendencias estiverem a seu favor.

        O COE Europa seria uma forma de estar na RV, fora do Brasil e ainda apostando na visão positiva Global. Se acreditar que segue positivo….é com certeza um ativo interessante. Gosto do COE por nao ter trava de alta e proteger o capital. Atualmente no Brasil, o custo de oportunidade ficou muito barato. Ta valendo a pena testar e experimentar novos produtos.

        NAO E RECOMENDAÇÂO DE NADA!!!

        Valeu!!!

        Curtir

    • Eu achei bem interessante esse da PIMCO. Andei comparando o ativo que ele seguira PIMCO GIS (Cód Bloomberg PINEEHA:ID) multiplicando essa alavancagem e me parece que se sai melhor que o Fundo… Gráficos desse ativo e do Fundo disponível por aqui seguem um ao outro.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Bom dia Gama.
    Estou estudando migrar de renda fixa para alguns multimercado e ações com resgate D+30.
    Selecionei alguns e gostaria que fizesse comentarios nestes e mais algum outro que vç goste. NÃO É RECOMENDAÇÃO.

    MULTIMERCADOS
    – Bahia AM Maraú FIC de FIM
    – Ibiuna Long Biased FIC FIM
    – Safari FIC FIM II
    – Solana Absolutto FIC FIM

    AÇÕES
    – Alaska Black FIC FIA BDR nivel I

    Possuo carteira de ações trend following, carteira de FII.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s